Conheça Paris de metrô!

Conheça Paris de metrô!

23 de fevereiro, 2019 0 Por Alessandro

Publicação: 02 de fevereiro de 2016
Atualização: 10 de junho de 2020

Saiba como conhecer Paris inteirinha de metrô e ainda ECONOMIZAR DINHEIRO!

Criamos um guia em PDF com as principais atrações turísticas e quais as estações de metrô mais próximas de cada atração e você pode baixar DE GRAÇA! Além disso você ficará por dentro das opções para economizar seus euros ou evitar de pagar muito mais dinheiro do que o necessário.

AdSense:

Por que metrô?

Táxi em Paris não é uma opção barata (um trajeto equivalente a três estações de metrô – de madrugada – custa cerca de €15) e alugar carro para circular em Paris é dor de cabeça. O trânsito é caótico e cada vez há mais restrições de circulação de veículos no centro histórico e os estacionamentos são caros.

Por outro lado, o sistema de transporte público de Paris é muito eficiente e possui plena integração entre os modais (ônibus, metrôs, VLTs e trens). Tudo é muito bem sinalizado e de fácil assimilação, seja para quem sequer fala francês, seja para quem não tem o hábito de usar transporte público em sua própria cidade.

O melhor é que, para onde você vá em Paris, sempre haverá uma estação de metrô por perto e isso não é um exagero!  Para se ter noção, existe uma estação de metrô praticamente dentro do Museu do Louvre (Palais Royal), há também uma linha cuja última estação é nada mais nada menos que um castelo, o Château de Vincennes.


GUIA DE ATRAÇÕES POR ESTAÇÕES

[CLIQUE PARA ABRIR O GUIA EM PDF – GRÁTIS]

Vamos iniciar com o guia e se você quiser mais dicas sobre o metrô, basta seguir lendo o artigo: Esse guia é autoral, mas você pode usar à vontade. Ele foi feito para lhe ajudar mesmo!

AdSense:

A imagem abaixo é um recorte do guia aonde você pode ver apenas três colunas: DESTINO, LINHA e ESTAÇÃO DE METRÔ. 

parisdemetro

Imagem modelo do Guia

    • DESTINO: a relação com o nomes das principais atrações em Paris;
    • LINHA: é o número da(s) linha(s) que você pode pegar para chegar ao destino desejado. A cor de cada número da linha é similar à cor real da linha (as linhas de Paris são identificadas tanto por números, quanto por cores);
    • ESTAÇÃO METRÔ: é a estação de metrô que você precisa desembarcar. Note que algumas atrações estão próximas de várias estações, como é o caso da avenida Champs-Elysées e do Grand Palais.

Tal simplicidade é proposital! Esse guia foi feito sob o ponto de vista de quem está na rua querendo ir do ponto A para o ponto B.

EXEMPLO: Supondo que você está em uma estação aonde só passa a linha 1, mas você quer ir até a basílica de Sacré-Coeur. Nesse caso basta seguir na linha 1 e descer numa estação em que você possa pegar a linha 2. A partir de então, basta pegar a linha 2 até a estação de Anvers, claro, prestando atenção no sentido (direção) da linha, que você poderá observar facilmente nas estações.

[CLIQUE PARA ABRIR O GUIA EM PDF – GRÁTIS]

Existem aplicativos que você baixa e pode dizer em qual estação você está e para qual quer ir (veja mais abaixo os apps oficiais). Complementa bem esse guia. O Google Maps também ajuda, mas o guia impresso te ajuda a economizar bateria.

 


ENTENDENDO O METRÔ DE PARIS

Apesar de transportar 4 milhões de passageiros todos os dias, o metrô da cidade luz é extremamente eficiente e relativamente barato.

TUDO É UMA ZONA!

Plano-Paris

Paris é dividida em 5 zonas, onde a zona 1 é a área mais central e a zona 5 é a mais suburbana, mais afastada. Embora sejam 5 zonas, só existem duas tarifas que agrupam as zonas conforme sua distância, conforme imagem abaixo:

Fonte: ratp.fr

Zonas de 1 a 3: É a zona central de Paris e onde estão estão concentradas a grande maioria das atrações. Possui a tarifa mais barata.

Zonas 4 e 5: Subúrbio de Paris. A zona 4 possui como pontos principais os dois aeroportos (Orly e CDG), além da Euro Disney e o Château de Versailles. Possui, portanto, a tarifa mais cara.

Vale dizer que estas tarifas não valem somente para a rede de metrô, mas também para ônibus, RER e mesmo trem (mais comum para lugares mais distantes).


ONDE COMPRAR OS BILHETES

Nas próprias estações de metrô. Todas possuem terminais de auto atendimento e todas possuem opção para ao menos quatro idiomas (não tem português). Todas aceitam cartão de débito, crédito e algumas também aceitam dinheiro em espécie.

Distributeur de billets 2013 10 14 b

Foto: reprodução

Algumas estações estações também possuem guichês com atendimento presencial.


QUE BILHETE COMPRAR

Para economizar, você precisa comprar certinho.

Você precisa ter em mente quantos dias passará em Paris e quais lugares pretende de fato visitar, é importante pois qualquer economia depende disso. Se você não precisar se locomover muito, se ficar num local bem central, perto de tudo, talvez seja interessante comprar os bilhetes avulsos, um para cada viagem que precisar fazer.

Vamos às opções:

– CARNÊ DE BILHETES – Ticket T+

Você pode comprar um bilhete avulso a cada viagem, mas pode também comprar um carnê para economizar um pouco. Exemplo: Caso opte por compra um bilhete (ticket T+) a cada viagem que fizer, você pagará €1,90 em cada uma destas viagens. Assim, se em dois dias você utilizar dez tickets T+, irá desembolsar €19.

Contudo, se ao invés de comprar um bilhete para cada viagem que fizer, você optar por comprar um carnê com 10 unidades do ticket T+, então pagará €14,90 pelos mesmos 10 tickets T+, economizando de imediato €4,1!

  • Crianças de 4 até 10 pagam meia. De 0 a 4 anos não pagam desde que não ocupem assento nos transportes.

– BILHETE DIÁRIO – MOBILIS

É o bilhete que lhe dá acesso ilimitado a toda a rede de transporte público de Paris, por um único dia! A validade dele é de meia noite do dia que comprar, até as 23h59 do mesmo dia. Ou seja, vale a pena se você comprar em sua primeira viagem pela manhã.

Se em um dia você rodar apenas pelo centro de Paris, pode comprar o da zona 1e2 e pagará apenas €7,50, caso precise ir até a zona 3, compre o da zona 1 a 3 e pague €10,50. Quanto maior a distância, maior o valor. Vide tabela abaixo:

Zonas Valor
1-2, 2-3, 2-4, 4-5 7,50€
1-3, 2-4, 3-5 10,00€
1-4, 2-5 12,40 €
1-5 17,80 €
  • Crianças de 4 até 10 pagam meia. De 0 a 4 anos não pagam desde que não ocupem assento nos transportes.

– PASSE TURÍSTICO – PARIS VISITE

paris-visite-300x145Paris Visite é um passe que dá acesso livre e ilimitado por 1, 2, 3 ou até 5 dias a toda rede de ônibus, metrô, trem, RER. Você escolhe a quantia de dias e a zona e pronto, use à vontade.

É importante escolher bem a zona a comprar, por exemplo, o passe de 2 dias para as zonas de 1 a 3 custa €18,15, já o para todas as zonas (1 a 5) custa €35,70, ou seja, uma diferença de €17,60, é quase que o dobro do primeiro.

As crianças turistas (5 até 10 anos) também têm direito de pagar metade do valor do adulto (de 0 a 4 anos, viajam de graça, desde que não ocupem assento).

Confira a tabela abaixo:

Zonas 1 a 3 (Paris Central) Adulto Criança
Quantia de dias Valor Valor
1 12,00€ 6,00€
2 19,50€ 9,75€
3 26,65€ 13,30€
5 38,35€ 19,15€
Zonas 1 a 5 (Grande Paris) Adulto Criança
Quantia de dias Valor Valor
1 25,25€ 12,60€
2 38,35€ 19,15€
3 53,75€ 26,85€
5 65,80€ 32,90€

Como bônus, o PARIS VISITE ainda te dá descontos em diversas atrações como, por exemplo, no Arco do Triunfo e Musée de L’Armée (20% de desconto).

  • Crianças de 4 até 10 pagam meia. De 0 a 4 anos não pagam desde que não ocupem assento nos transportes.

– PASSE TURÍSTICO – PARIS PASS

Toda grande cidade turística possui um passe turístico que é uma espécie de combo transporte+atrações, ou seja, além de lhe dar acesso à rede de transporte público, também assegura entradas gratuitas ou com desconto nos principais atrativos, alguns incluem dias grátis naqueles ônibus tipo Hop-in Hop-off. Nova Iorque tem o New York Pass, Lisboa tem o Lisboa Card, Londres tem o The London Pass e Paris tem o PARIS PASS.

Além de acesso livre nos sistemas de transporte de Paris nas zonas de 1 a 3, o PARIS PASS oferece acesso “gratuito” a mais de 60 atrações na cidade inteira e inclui atrações importantes como o Museu do Louvre, o Arco do Triunfo, Palácio de Versalhes, cruzeiro no rio Sena, Catedral de Notre Dame, a torre de Montparnasse, Museu D´Orsay e outras atrações e atividades que incluem, por exemplo, degustação de vinhos. Em algumas dessas atrações você terá acesso às filas prioritárias para entrar, o que é bem interessante, especialmente no verão.

ONDE COMPRAR:

    • Internet: no site oficial da PARIS PASS, que lhe dá a opção de retirar em algum posto de revenda, de lhe entregar em sua casa ou em seu hotel (claro que com custos adicionais) – O site lhe dá a opção de escolher, dentre vários idiomas, o português do Brasil;
    • Centro de Paris: Big Bus Ticket Shop, 11 Avenue de L’Opera, 75001 Paris;
    • Louvre: nas Pyramids do Louvre, você encontrará um balcão à direita;
    • Outras revendas: verifique no site pois volta e meia mudam essas revendas;
  • Aeroportos: Embora o site oficial informa que não é possível comprar nos aeroportos, consegui comprar para uma amiga no balcão de informações do pátio externo no desembarque.

QUANTO CUSTA?

    • 2 dias = €131.00 (adulto) | €081.00 (adolescentes) | €44.00 (crianças)
    • 3 dias = €165.00 (adulto) | €100.00 (adolescentes) | €50.00 (crianças)
    • 4 dias = €196.00 (adulto) | €109.00 (adolescentes) | €57.00 (crianças)
  • 6 dias = €244.00 (adulto) | €135.00 (adolescentes) | €75.00 (crianças)

Adultos: a partir de 18 anos
Adolescentes: de 12 a 17 anos
Crianças: de 4 a 11

VALE A PENA? Comparativamente, o  PARIS PASS é que nem restaurante a rodízio, onde se você comer bem então vale a pena, mas se comer pouco é prejuízo certo! Você precisará andar muito de transporte urbano e também visitar ao máximo as atrações para que estes valores compensem. Por isso é importante você acessar o site e ver se realmente pretende visitar os vários pontos que o PARIS PASS dá acesso gratuito. Também é bom pesquisar o valor dos ingressos avulsos dos lugares que pretende visitar e ir somando, assim você terá uma noção exata se esse passe lhe servirá.

  • Crianças de 0 a 4 anos não pagam desde que não ocupem assento nos transportes.

– PASSE NAVIGO DÉCOUVERTE

navigo_roleta

Agora se você vai ficar mais tempo, se vai ficar uma semana cheia (de segunda a domingo), já passa a ser mais interessante pensar num cartão Navigo, que é o cartão utilizado pelos residentes.

O Navigo vem em um kit inicial que custa €5,00 e só se paga uma vez. Esse kit é composto de um estojo (berço) plástico, um cartão magnético e sua foto 3×4. Contudo o kit só é vendido em guichês de atendimento físico, ocorre que nem toda estação possui esse tipo de guichê.

No ato da compra, você precisará apresentar uma foto de 2,5cm x 3,0 cm, que pode ser impressa em papel comum em qualquer cyber café, ou você pode tirar numa das diversas maquinas de fotos presentes nas estações. E você mesmo vai colar a foto no cartão (o espaço da foto vem com um adesivo para afixar sua foto). Lembre-se de preencher à caneta o seu nome e sobrenome no cartão (cartão sem foto e/ou sem nome, é passível de multa).

Com o seu Navigo comprado, é hora de realizar uma carga de créditos direto nas máquinas de autoatendimento, escolhendo entre as seguintes tarifas:

    • Semanal  €22,80 – todas as zonas! vale de se segunda a domingo, independente do dia da recarga. A carga da semana seguinte pode ser feita a partir da sexta-feira da semana anterior;
    • Mensal €75,30 – todas as zonas! vale do primeiro dia do mês até o último dia do mesmo mês. Você pode carregar para o mês seguinte, a partir do dia 20 de cada mês. Exemplo: Se hoje é dia 20 de janeiro, você já pode carregar para o mês de fevereiro todo;
  • Anual €827,20 – todas as zonas! válido a partir do momento em que você faz a carga até a meia noite do dia em que completar um ano da sua compra.

Importante: Os créditos expiram, mas o seu cartão Navigo tem validade indeterminada, então guarde-o com você e leve-o na próxima viagem a Paris.


DICAS E INFORMAÇÕES GERAIS

O metrô é eficiente, é frequente, é denso (muitas estações próximas uma das outras), é integrado, é sinalizado, é bem cuidado, mas nem tudo são flores, atente às dicas e observações listadas abaixo.

20140719_202830

    • Horário de funcionamento dos metrôs: Em geral começa às 5:30h e encerra às 00:45h, exceto às sextas e sábados, que encerra por volta das 2h. Mas tente chegar ao menos 30 minutos antes do horário de encerramento;
    • Tempo de espera: Varia conforme horários e demandas. A média em pico é de 3 a 5 minutos, e de 5 a 12 minutos nos demais horários;
    • NÃO JOGUE FORA SEU TICKET! Guarde o ticket usado enquanto ele tiver validade e enquanto você estiver dentro da estação do metrô ou do ônibus ou da estação de trem! São comuns as inspeções de fiscais nas catracas de saída das estações e se você não tiver mais com seu ticket você será multado e não tem choro nem vela!
    • Depois do primeiro uso do seu ticket avulso (comprado para uma única viagem), seja no busão, no metrô, no trem, você terá até 90 minutos para pegar outro modal de graça. Só não funciona quando sai de RER para ir pro metrô, mas de metrô para ônibus, para trem vale, e vice versa;
    • Já falei das escadarias? Pois é, se você for a Mont-Martre, Sacré-Coeur, NÃO DESÇA NA ESTAÇÃO DE ABBESSES. É a mais profunda estação de metrô da cidade e não tem escada rolante. É tão profunda que se tivesse mais um lance de escadarias para baixo daria pra visitar o centro da terra;

    • A maioria das estações são bem antigas, e, por isso, muitas não possuem escadas rolantes e quando possuem elevadores, é possível que eles estejam sujos (como é o caso da estação citada acima);

    • À noite as estações se tornam abrigo dos moradores de rua, que, na absoluta maioria das vezes, não oferecem o menor perigo;
    • Como toda cidade turística, você precisará tomar cuidado com os batedores de carteira. Não dê bobeira;
    • Evite os horários de pico;
    • Nas festas nacionais muitas estações são interditadas e você é obrigado a andar muito, mas muito mesmo. E, quando estas festas acabam, o metrô fica congestionado e pode não ser opção;
    • Se sair à noite, preste atenção no relógio pra não perder o horário. Pegar táxi lá é caro, de madrugada então é mais caro ainda;
    • A maioria dos bares e pubs fecham antes do último horário do metrô;
    • Quem se incomoda muito com odores corporais pode não curtir pegar o metrô no verão. Às vezes até quem não se importa muito, pode se incomodar, mesmo;
  • Estações fechadas para obras e por… protestos! É.. às vezes uma linha toda é interrompida por protestos! E aí não tem jeito.

CLIQUE AQUI E BAIXE EM PDF O NOSSO ‘Guia – Paris de Metrô’


APPS ÚTEIS

Aplicativo para calcular trajeto: A empresa responsável pelos transportes disponibiliza um aplicativo próprio e que é muito bacana e ainda funciona offline!

Aplicativo para iPhone: Available_on_the_App_Store_(black)https://itunes.apple.com/fr/app/id507107090

Aplicativo para Android:android-app-store-logohttps://play.google.com/store/apps/details?id=com.fabernovel.ratp&feature=search_result


LINKS ÚTEIS

À moda (quase) antiga: veja o mapa do metrô em PDF
http://www.ratp.fr/informer/pdf/orienter/f_plan.php

Mapa interativo web:  recomendável para uso em desktop apenas. Requer o plugin do Flash
http://www.ratp.fr/plan-interactif/

Link para informações e valores do cartão turístico THE PARIS PASS (atrações + transporte público)
http://www.parispass.com/

Link para informações passe turístico PARIS-VISITE (apenas transporte público)
http://www.ratp.fr/fr/ratp/r_94834/paris-visite/

Página oficial da RATP (empresa de transporte)
http://www.ratp.fr
* é possível calcular trajetos na página principal desse site


Para Salvar: mapa em JPG

Mapa de Metro - Paris


É isso aí! Agora vá e divirta-se!


QUER ECONOMIZAR NA HOSPEDAGEM EM PARIS?

Aproveite as ofertas exclusivas abaixo



Booking.com