Não perca suas fotos

Não perca suas fotos

17 de janeiro, 2017 0 Por Alessandro

Você gastou um dinheirão para realizar aquela viagem tão esperada. Visitou lugares famosos, históricos, únicos e claro, tirou centenas de fotos. Imagine como seria perder TODAS essas fotos. Bem, se isso nunca aconteceu com você, que sorte a sua! Melhor é não contar apenas com sua sorte e usar a tecnologia a seu favor.

Atenção: Esse artigo trata da prevenção, ou seja, sobre o que você pode fazer para evitar perder suas fotos, sejam de viagem ou do dia a dia.
Ou seja, não tratamos sobre como recuperar imagens perdidas, apagadas, etc.

AdSense:

Saiba como usar o Google Fotos para salvar todas as suas fotos, gratuitamente. Seja em viagem ou no dia a dia.


O GRITO de Edvard Much

É ruim perder arquivos de músicas, de filmes, de séries, mas a maioria destes arquivos ainda estão disponíveis na internet e, com algum trabalho você vai poder baixá-los novamente, ou basta adotar aplicativos como Spotify, Netflix para resolver sua vida.

Pior mesmo é perder aquelas imagens que contavam os momentos da sua vida, de seus amigos familiares. Momentos que não se repetirão e que só perdurarão em sua memória, a menos que você adote cuidados para permitir que esses momentos possam ser vistos e revistos sempre que bater aquela nostalgia.


CONHECENDO O INIMIGO

Tenha em mente que não existe nada 100% eficiente: São vários fatores que conspiram para você perder suas fotos e elenco abaixo alguns deles:

  1. Queima do cartão de memória, da câmera ou do smartphone;
  2. Roubo/Furto/Perda da câmera ou do smartphone;
  3. Delete/Formatação/Apagão acidental;
  4. Mandou formatar o seu notebook e não fez o backup;
  5. Salvou em pendrive e claro, o pendrive queimou;
  6. Salvou num HD Externo que caiu ou queimou;
  7. Alguém apagou sem querer, mas você só percebeu muito tempo depois;
  8. Salvou na nuvem, mas esqueceu a senha;

OS TRÊS MANDAMENTOS

  1. NÃO MANTERÁS SUAS IMAGENS EM UM ÚNICO LUGAR;
    Qualquer problema com esse único dispositivo e adeus para todas as suas fotos. Então prefira manter em dois ou mais dispositivos. Sejam discos físicos (HDD, SDD) ou ainda, em sua conta na nuvem (Google Fotos, por exemplo). Ah, e que tal imprimir as fotos favoritas?;

  2. NÃO USARÁS DVD, CD, PENDRIVE OU CARTÃO DE MEMÓRIA COMO ARMAZENAMENTO DEFINITIVO DE SUAS IMAGENS;
    Sem dúvida esses tipos de dispositivos de armazenamento são muito práticos, mas também muito sensíveis e podem queimar sem antes apresentar qualquer sintoma e por qualquer motivo. Cartões de memória podem queimar com o simples toque de suas mãos (estática), ou mesmo se pressionados com um pouco mais de força. Já os pendrives podem queimar ao plugar ou ao desplugar da USB. Pode usar para transportar seus arquivos de uma máquina para outra, de forma provisória e temporária, nunca como seu cofre seguro de imagens e backup. Não arrisque, prefira os HDDs (ou SSDs).

  3. TUDO O QUE ESTÁ FUNCIONANDO, UM DIA VAI PIFAR!
    Essa é a única certeza da vida útil de todos os equipamentos eletrônicos, dos mais ching lings aos mais caros e mais robustos. Eles vão perecer mais tempo ou menos tempo. Simplesmente conforme-se e prepare-se para esta realidade! Então sempre renove seus discos físicos (HDD, SSD), ao menos a cada 3 anos.


Agora que você tem uma boa noção dos riscos de cada dispositivo, vamos conhecer algumas opções.

FAÇA BACKUPS DE FOTOS, AINDA NA SUA CASA

DISCO USB EXTERNO E PORTÁTIL – PODE SER RÍGIDO (HDD) OU FLASH (SSD), MAIS VELOZES E MAIS RESISTENTES A AVARIAS E QUEDAS

Recomendo que você tenha ao menos um disco HDD ou SDD EXTERNO e que ele seja exclusivo para guardar suas imagens. Eles possuem uma arquitetura mais robusta e são feitos para terem uma vida útil de 10 anos. Sim DEZ ANOS, mas considere fazer uma reforma da previdência dos DISCOS que vão trabalhar como backup de suas imagens e aposente-os na idade mínima de 3 anos e idade máxima de 5 anos. Entre esse intervalo de tempo, providencie novos discos e copie todos os arquivos (COPIE, NÃO MOVA). Daí, se quiser, guarde os discos antigos até que eles completem seus DEZ anos, mas saiba que a tecnologia evolui e provavelmente em dez anos, nenhum computador terá mais as mesmas portas de conexão com seu disco antigo.

Lembre-se de que se trata de um disco em que você concentrará as CÓPIAS de suas fotos e demais imagens. Ou seja, mantenha as imagens nesse disco, mas deixe também em seu computador ou no seu disco de nuvem (Google Fotos), no seu computador, por exemplo. Assim, se algo acontecer com seu disco, você ainda terá suas fotos em outro lugar. E para minimizar os problemas com seu disco de backup, mantenha-o:

  • PROTEGIDO: Da água, da chuva, do sol, de furtos e de terceiros. Se tiver o risco de alguém pegar seu disco e apagar seus dados então você pode comprar um com senha, como o HDD MY PASSPORT da Western Digital. Esse dispositivo vem com um aplicativo que cria uma chave criptografada para acessá-lo. Sem senha, sem  acesso! Ou seja, não esqueça sua senha.
  • SEGREGADO: Guarde-o separado de seus outros discos, em local apropriado (protegido) e fora do alcance de terceiros. Isso também significa que, embora esse disco seja o backup aonde você vai armazenar as fotos de viagem por um longo tempo, você não vai levá-lo nas suas viagens!
  • IDENTIFICADO: Use adesivo, caneta, etiqueta ou qualquer coisa para identificar seu disco como sendo de suas fotos. Isso ajuda  evitar que outra pessoa ou você mesmo use-o ou mesmo formate os dados por engano. Aproveite e marque a data da compra do disco.

BACKUPS DE VIAGEM
DURANTE A VIAGEM

Cada vez mais deixa-se as câmeras digitais de lado para usar apenas os smartphones, que, por sua vez, têm suas câmeras melhoradas a cada ano.

AdSense:

No caso dos smartphones, o básico é que estejam protegidos com alguma senha e que se adote algum aplicativo de nuvem para deixar cópias de suas imagens, por exemplo, no Google Fotos, que tem armazenamento ilimitado e gratuito, além das fotos no próprio aparelho que devem ser copiadas para um outro lugar, conforme explicado mais acima (hdd, notebook, pc, etc.). Logo se alguém roubar seu aparelho, sua perda será mínima.

Se você usa smartphones para registrar suas fotos de viagens, CLIQUE AQUI E SAIBA COMO USAR O GOOGLE FOTOS PARA SALVAR SUAS FOTOS DE VIAGEM, EM VIAGEM e evitar situações como essa.

Agora se você usa câmera fotográfica digital em viagens ou no dia a dia, além das medidas preventivas, há também o cuidado com SUA SEGURANÇA!

Explico:

Imagine que alguém roube sua câmera fotográfica digital (bata três vezes na madeira), agora imagine que, para acessar suas fotos, basta o meliante ligar a câmera e pronto. Ocorre que nas mãos de um golpista, há uma quantidade inimaginável de informações, como quem é você, aonde você está hospedado, se você acabou de chegar na cidade (e tá cheio da grana), por onde você já foi, qual a probabilidade de ir em outro local, se tem filhos pequenos, se está sozinha e muito, muito mais.

Ou seja, em nome da sua segurança, vale o risco de, a cada dia, tirar um tempo para MOVER as fotos de seu cartão de memória para outro dispositivo, ainda que as fotos fiquem em só um dispositivo e não dois, como tanto recomendo. Lembre-se depois de formatar.

Ao formatar e voltar a tirar novas fotos, vai haver maior dificuldade de alguém recuperar as fotos apagadas, uma vez que os espaços de memória serão ocupados por novas imagens. Então, caso esse infortúnio venha a acontecer, haverá um acesso a menor volume de informações.

No caso de você perder sua câmera e alguém bem intencionado queira devolvê-la, é interessante que você facilite o trabalho, tirando foto da fachada do hotel, a cada dia, ou do cartão de visitas do hotel. 🙂

Um dica bem legal é que, se você tiver como, configure seu Google Fotos em seu Smartphone ou em seu Notebook, e copie as fotos de sua câmera para as pastas configuradas nesse dispositivo. Daí elas serão copiadas para nuvem com toda segurança. Quer saber como configurar o Google Fotos? clica aqui.


NA NUVEM?

Armazenamento em nuvem é só um termo para quando você salva arquivos no servidor de terceiros, via internet. Ou seja, um computador comum, de alguma empresa, mas que é acessível só por você.

Sabemos que a grande maioria das pessoas já utilizam somente seus smartphones para tirar fotos e vídeos, seja nas viagens ou principalmente no dia a dia. O problema é que boa parte dessas pessoas também não salvam suas imagens em mais em lugar nenhum, daí quando elas perdem o aparelho, já era!

O triste é que na maioria dos casos bastava uma simples configuração e pronto: as fotos seriam automaticamente enviadas e salvas em nuvem, nos servidores da Apple (iCloud), Microsoft (OneDrive), ou na Google, que possui capacidade ilimitada e gratuita. Para isso criamos um passo a passo para você possa configurar seu aparelho a usar o Google Fotos, o aplicativo recomendado e utilizado por esse quem vos subscreve 😉 CLIQUE AQUI


MAIS OU MENOS NA NUVEM

 Sabe outra forma de salvar suas fotos “em nuvem” sem grandes dificuldades?
Crie um álbum no Facebook, nas opções sobre quem pode visualizar escolha SOMENTE EU (só você pode visualizar), e publique suas fotos de viagem, optando por salvar em ALTA QUALIDADE.


Daí é só subir as fotos e pronto! Estão em dois locais ao mesmo tempo!
Só você pode visualizar, estão protegidas com sua senha e ainda contam com o backup do próprio Facebook 😉


PENDRIVES

Supondo que você viaje para algum lugar em que você não consiga ou não tenha mesmo acesso à internet. Também não levou notebook, calma, a basta usar pendrives para smartphones! Lembrando que assim que você retornar de sua viagem, copie as fotos para outro lugar, não mantendo somente em pendrive.

SanDisk Ultra Dual USB 16GB

Existem modelos compatíveis com Android (microUSB, USB-C) e também com iPhones. Escolha o modelo certo para o seu aparelho e prefira os modelos híbridos, ou seja, além de se conectarem com seu smartphone, têm uma segunda conexão USB normal para facilitar a cópia de seu telefone para seu notebook, computador, etc.

Funciona assim: 1) conecte no celular; 2) abra sua galeria de fotos; 3) selecione as fotos que deseja copiar; 4) Clique em copiar e escolha o Pendrive! Pronto, tá feito!


PEN DRIVE WI-FI

SanDisk Connect Wireless Stick

Pendrives como o da foto acima, que você não precisa plugar direto no seu smartphone, basta ligar o wifi do pendrive e conectar seu celular assim mesmo, sem fio!

São compatíveis com Android e IOS,  vêm com uma bateria interna e aceitam mais de um aparelho por vez, ideal para quem viaja em grupos. Você pode andar com ele no bolso, volta e meia ligar o wi-fi, transferir as fotos, liberar espaço e continuar tirando suas fotos! E aí, assim que possível bastará copiar as fotos para seu notebook, ou para a nuvem. Prático né? E de quebra dá pra colocar filmes, seriados e assistir no celular, tablet ou no notebook, por exemplo.


HDD WI-FI

HDD My Passport Wireless – Até 8 aparelhos conectados simultaneamente, bateria de até 20h em standby.

Além de pendrives, existem também discos HDDs e SDDs com esse recurso e melhor, com maior espaço de armazenamento e durabilidade de bateria. Você pode  ligar aonde quiser e ele vira uma espécie de nuvem pessoal, por exemplo: Você pode deixar ligado na sua mochila, na sua bolsa e cada foto tirada é automaticamente copiada para ele! Para o caso de máquinas fotográficas, esses HDDs têm um ponto a mais, que é uma entrada para cartão de memória que basta você plugar o seu cartão e todas as fotos são copiadas ou movidas (dependendo de suas configurações).

E sabe aquela pessoa que fica enchendo o saco pedindo insistentemente para você enviar foto que você acabou de tirar só pra ela postar no insta? Pois é, você ainda vai se livrar dessa ladainha. Com esse dispositivo bastará que essa pessoa gente boa se conecte no HDD e baixe a foto ela mesma!


Agora você pode optar por alguma dessas sugestões, ou mesmo combinar mais de uma delas. O importante é não contar apenas com sua sorte.