CIDADELA DE MACHU PICCHU

Também conhecida como MACHU PICCHU PUEBLO ou ainda, ÁGUAS CALIENTES, a cidadela situa-se aos pés da montanha que abriga Machu Picchu, sendo, portanto, passagem obrigatória para chegar na cidade perdida dos Incas. Só que ela é usada majoritariamente apenas como passagem, literalmente! Mas Águas Calientes oferece um pouco mais que só o acesso à Machu Picchu

AdSense:

A cidade mesmo é bem pequena e pode ser explorada numa caminhada tranquila de umas duas horas ou pouco mais que isso. Lógico que vai depender das suas paradas nas muitas lojas, bares ou restaurantes. Apesar de pequena, Águas Calientes é bem arrumada e possui uma vasta gama de restaurantes, alguns museus, jardins, uma grande feira de artesanato, um mercado. Muito embora os preços praticados possam ser consideravelmente mais elevados que em Cusco, mas sempre cabe um desconto.

Eu queria estar bem cedo em Machu Picchu, logo no primeiro horário, quando o parque ainda está sem a multidão de turistas, para tanto, era necessário acordar já na cidade.

Mas se é tão bom, porque quase ninguém faz isso? A cidade é minúscula, não oferece leitos para a demanda de turistas e, como resultado, o valor das diárias dos hotéis, albergues e pousadas é alto! Quanto a isso o remédio é só um: programar-se e antecipar-se!

É sério! se você não se programar e reservar com antecedência, vai se assustar muito com os valores. Eu cheguei a ver uma diária numa pousada simples, simples não, furreca mesmo! O valor custava o dobro de uma diária em um hotel excelente em Ollantaytambo e, quase três vezes mais que o hotel três estrelas que ficamos em Cusco.

E é exatamente por isso que muitas pessoas preferem apenas passar por lá. Muita gente opta por uma hospedagem MUITO BOA no Vale Sagrado, nas proximidades de Ollantaytambo (devido ao trem), seguindo a Machu Picchu pela manhã cedo.

Mas não acho que seja olho grande como fazem algumas cidades brasileiras em épocas de eventos festivos (Rio, Parintins, por exemplo), percebi que é somente a lei da oferta e da procura, questão de demanda mesmo. Afinal, Machu Picchu é um dos patrimônios mais visitados das Américas!

Ainda sobre hospedagem, alternativamente, a cidade possui área de camping, que sai muito em conta. Fica um pouco distante do centro, mas fica bem próxima à entrada do parque. De quebra ainda pode subir a montanha trilhando, sem pagar os dez dólares do micro-ônibus.

AdSense:

Nos hotéis é fácil encontrar cartazes e folhetos de trilhas para outras montanhas que não Machu Picchu, mas que oferecem vistas fantásticas. Na verdade, se você investigar no seu hotel, vai encontrar muita coisa interessante. São roteiros na contramão de Machu Picchu: visitas a ruínas, locais sagrados, distante algumas horas de caminhada por entre as montanhas.

ALTITUDE: Águas Calientes está 1000 metros mais baixo que Cusco, abrigando vegetação bem verde e mais alta e têm até alguns mosquitos, além de a temperatura ser mais elevada que Cusco.

Fui em setembro e senti muita falta de um condicionador de ar ou mesmo de um ventilador na pousada. Digo que se não fosse o cansaço teria sido bem complicado dormir. Na recepção me falaram que quando faz frio, faz muito frio! Mas ok, e quando faz calor? não rolava nem um ventilador?

IMG_2060

Nos restaurantes, confira sempre a conta, alguns estabelecimentos têm uns garçons espertinhos demais (nada que não exista no Brasil). E não se assuste se a conta vier entre 10% a 15% a maior, isso é ilegal mas é comum adicionarem imposto e taxa de serviço no rabo dos turistas. Pode-se reclamar sobre isso na Municipalidade de Águas Calientes, mas e aí? quem vai perder horas de uma viagem cara pra fazer isso?

Lomo de Alpaca a Pisco
Lomo de Alpaca a Pisco

Uma dica é comer no mercado da cidade, é fácil de achar.

Para fazer jus ao nome, Águas Calientes possui piscinas de águas termais!

IMG_2524
O acesso a um local com piscinas estava custando 10 soles. Agora é bom ir cedo pela manhã quando a água está mais quente, mais limpa e, a maioria dos turistas (como eu) estão subindo a Machu Picchu. Eu não cheguei nem perto das termas por falta de tempo e mesmo de interesse, mas se eu permanecesse um dia a mais, certo que iria querer ficar de bubuia¹ nessas termas (¹no dicionário amazonês, é estar a mercê das águas, boiando, etc…”).

Por fim, acredito que a cidade tem se esforçado para oferecer mais alternativas aos seus visitantes do que simplesmente pernoites ou micro-ônibus de acesso para a sua principal atração. Ainda assim é comum ler reclamações sobre a falta do que fazer na noite. Um animal desses viaja pra uma cidadela nos andes peruanos e quer uma noite de Las Vegas!?

Então se procuras diversão noturna, não ouse perder o trem das 21h.


INFORMAÇÕES EXTRAS
MACHU PICCHU

Quando fores, saiba que não se vende absolutamente nada dentro do parque. Leve sua água em suportes próprios ou na mochila, não leve copos. Se possível escolha garrafa de 1litro a 2litros. Se fores subir para as montanhas, considere levar mais água ainda, além de um bom lanche.  Leve uma sacola para guardar seu lixo! E vá com calma, apesar de Machu Picchu estar a 1.000 metros mais abaixo que Cusco, você ainda estará a 2.400 metros de altitude, continuam, portanto, valendo as regras da altitude.

Antes do portão de entrada do parque existem opções de água, lanche e refeições, mas o preço é bem inflacionado. Você pode descer até a cidade para alguma refeição e voltar. O ingresso do parque é válido o dia todo, para quantas vezes precisar entrar e sair no mesmo dia, exceto os ingressos vespertinos, que só permitem a entrada, é claro, pela tarde, mas no período da tarde, você pode entrar e sair do parque quantas vezes necessitar, até o horário de encerramento. O problema mesmo é o bilhete do ônibus só vale para uma ida e uma volta. Eles custam US$18,00 e só era possível pagar em dólares e em espécie.

No alto da montanha, perto da entrada do parque, tem o hotel Sanctuary Lodge (o único no topo), nesse hotel tem o Tampu, um restaurante muito bem conceituado, refinado com um cardápio variando entre a culinária peruana e a internacional. Se quiser e tiver sobrando, fica essa dica.

Senão, segure o tempo com uns lanches, bolachas (ou biscoitos), e almoce ou jante quando descer de volta para o povoado. Que possui boas opções para todos os bolsos.


FOTOS DE ÁGUAS CALIENTES

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.