Ushuaia: Laguna Esmeralda

LAGUNA ESMERALDA

Em meio às atrações naturais de Ushuaia, na Argentina, uma das estrelas é a LAGOA ESMERALDA, encrustada entre montanhas e picos nevados, compondo uma paisagem cinematográfica, o lugar merece sua visita. Então, vamos lá?

AdSense:

Tem trilha sim e você consegue!

Para chegar à Lagoa você precisará caminhar por 4,8km. Mas fique tranquilo, não se assuste e não desista mesmo se você nunca fez uma trilha na vida!

Mesmo sendo considerada de dificuldade média, você não precisará, por exemplo, escalar. Tampouco exige preparo físico extremo, bastando estar em boas condições físicas e de saúde e, quando na trilha, não abrir mão de respeitar o seu ritmo, realizando paradas pontuais para descansar, sobretudo no único trecho com desnível acentuado da trilha.

Você conseguirá! Um exemplo é que, no nosso grupo, haviam pessoas de várias idades, alguns com mais de 50 (não sedentários) e outros muito mais jovens, porém sedentários e todos, todos conseguiram.

A ida é um pouco mais cansativa devido ao trecho de maior inclinação estar em aclive (subida), exigindo um pouco mais de paradas.

Na volta, o trecho mais cansativo é o final, mais próximo à estrada por ser em aclive, mas com uma inclinação leve que exige bem menos esforço que a ida.

No mais a trilha é bem sinalizada e além de te levar para a atração principal, também te proporciona paisagens incríveis.


COMO IR

  1. COM GUIAS: Você pode contratar empresas de turismo de Ushuaia e agendar uma data. Geralmente as empresas te buscam em sua hospedagem e te levam até o ponto de partida da trilha. Também informam o que você precisa levar, aonde conseguem alugar roupas e acessórios especiais e tiram todas as suas dúvidas.
    Os guias conhecem muito bem o lugar, podendo fazer alguns desvios para evitar alguns percalços da trilha principal.  Se você não é um trilheiro profissional e/ou não conhece o lugar, é recomendável contar com a estrutura dessas agências de turismo.
    Geralmente as agências comercializam passeios em grupo, aonde o guia vai puxando a turma e controlando o tempo de paradas, podendo exigir um pouco mais esforço de quem se cansar mais. Mas existem passeios com guias privados que você pode contratar para o seu grupo, sua família por um valor maior, mas com a vantagem de poder realizar a sua trilha conforme disposição de tempo e individualizando o seu esforço, as suas paradas de descano na trilha.

  2. POR CONTA PRÓPRIA: Se você é trilheiro experiente, então é liberado ir por conta própria. Assim você aproveita seu tempo do jeito que você achar melhor. A trilha é bem sinalizada e com alguma experiência chega-se bem e com a vantagem de realizá-la 100% ao seu tempo.

Nossa opção foi em grupo e com a empresa Brasileiros em Ushuaia, contudo, ao invés de contratar o passeio diretamente pelo site deles (R$286,00), optamos por contratá-los via o Decolar.com devido à um valor promocional à época (R$224,00). A empresa buscou cada pessoa em sua hospedagem e, chegando ao estacionamento da trilha, forneceram duas garrafas de água e mais um lanche (que você pode pedir vegetariano). A água e para todo o passeio, então é interessante você levar um pouco mais de água. A parada para o lanche é somente lá na lagoa.

A empresa dispõe de duas pessoas para a trilha, sendo uma o guia que vai sempre à frente do grupo, e a outra pessoa é um guia auxiliar que vai sempre no final da fila, como prevenção para que ninguém desgarre do grupo e se perca. O passeio todo durou cerca de 6 horas e o tempo na lagoa depende do desempenho do grupo para chegar à ela: Quando mais demorada for a chegada, menos tempo passamos no destino e, no nosso caso, ficamos na lagoa por menos de 60 minutos. 

AdSense:

 

AONDE FICA A TRILHA?

O estacionamento e início da trilha é esse na foto, ao lado esquerdo da pista

Se você optar por fazer o passeio com uma agência, então não precisa se preocupar com o ponto de partida da trilha.

Se você vai por conta própria, então precisará dirigir entre 17 e 19 km a partir do centro de Ushuaia para chegar ao pequeno estacionamento (vide foto acima), ao lado esquerdo da pista (sentido Ushuaia). Mas não existem sinalizações específicas na estrada, sinalizando aonde fica a trilha, então você precisará prestar atenção para encontrar o estacionamento. Para não vacilar, te sugiro fortemente usar o link do Google Maps que coloquei no final deste artigo, ele vai te levar bem perto do estacionamento.

Como em muitos lugares da estrada não tem sinal de celular, também te sugiro que, antes de pegar a estrada, que você faça o download do mapa da região para usá-lo off-line pois, assim, você contará com o GPS do seu smartphone mesmo quando estiver sem qualquer sinal de internet. Se você ainda não sabe como fazer isso, então CLICA AQUI QUE A GENTE TE ENSINA http://voudenovo.com/maps.

Extra: Se você estiver em carro alugado, pode deixá-lo tranquilamente na trilha, tomando o cuidado de fechá-lo, trancá-lo e, preventivamente, não deixar à mostra objetos como celulares, eletrônicos, bolsas, mochilas ou sacolas, ainda que vazias (para o ladrão saber que estão vazias, ele precisa pegar primeiro).

Depois, basta procurar as placas que sinalizam a entrada da mesma (vide foto abaixo).

A entrada da trilha é bem sinalizada, ficando à esquerda dessas placas orientativas

 

QUANDO IR

A trilha funciona o ano inteiro, nas quatro estações. Mas cada estação tem suas particularidades que ajudam ou atrapalham.

INVERNO: Junho, julho e agosto [ -1°c a 6°c] neve/nevasca.
Tem muita neve, sendo necessário se preparar muito bem para isso. A neve pode cobrir as sinalizações da trilha ou pior, impossibilitar a trilha (muitas agências sequer fazem o passeio em algumas semanas do inverno). Sem calçado e acessórios para neve, seu esforço será maior, aumentando a dificuldade e o tempo de trilha. Em excursão, é possível informa-se antes sobre quais acessórios a empresa provê e quais outros que você precisará levar (ou alugar na própria cidade).

PRIMAVERA: Setembro, outubro e novembro [1°c a 12°c] 
Proporciona uma paisagem de transição e a lagoa começa a descongelar e, por volta de outubro já poderá estar totalmente descongelada. Um pouco de chuva por volta de novembro, deixando a trilha enlameada em alguns trechos.

VERÃO: Dezembro, janeiro e fevereiro [5°c a 15°c ] muita chuva. 17 horas de luz solar.
Chove muito e a trilha deverá ter lama e diversos trechos escorregadios. A vegetação bem verde provendo sombra em boa parte do trajeto mas a temperatura não vai passar dos 15 graus celsius. Importante levar roupas que você possa, por alguns momentos abrir (casacos com feixes, por exemplo) para ventilar e baixar a temperatura corporal caso sinta calor devido ao esforço da trilha.

OUTONO: Março, abril e maio [1°c a 12°c ] chuva no começo da estação
Por volta de março ainda chove muito, mas em meados de abril a chuva vai cessando, tornando a trilha bem mais segura para caminhada. A lagoa começa a congelar por volta de maio.

Em resumo, evite o ápice do inverno (julho) e do verão (janeiro), pois em todo o restante do ano é seguro realizar a trilha.

 


VÍDEO RESUMO DA TRILHA

Fizemos um vídeo resumo da trilha e publicamos no Youtube para você sentir um pouco como é a trilha. Assista e ligue as legendas (CC) para maiores detalhes. Se puder, deixe seu LIKE e se inscreva no canal, para dar aquela força 😉


O QUE LEVAR

Isso vai depender da época do ano: Por exemplo, com neve o uso de crampons é primordial (tipo de grampos que encaixam na bota). Mas seja por chuva, seja por neve, é importante levar e usar: bastões de caminhada; botas impermeáveis com um bom solado; calças e casacos impermeáveis.

Se você não tiver nada disso, não se preocupe, na cidade você verá muitas lojas especializadas em aluguel de roupas e acessórios para frio. Importante apenas que você alugue com ao menos dois dias de antecedência para evitar falta de, por exemplo, um calçado adequado para seu pé ou um casaco que não fique muito apertado ou muito grande em você.

Os preços de alugueis das roupas são em conta. Praticamente pelo valor de uma bota nova você aluga todas as vestimentas e calçados necessários, sem falar que ainda economiza MUITO espaço na bagagem.

Convém levar água e algum lanche a mais. Papel higiênico também é uma boa ideia, mas leve também uma sacola para guardar seu lixo e levá-lo para descartar na cidade.

Prefira garrafas de água em papelão (como caixas de leite), pois depois de usar, você poderá dobrá-las e poupar espaço na volta.

Algumas empresas de turismo fornecem alguns acessórios como crampons e bastões, mas convém se informar antes e alugar só o que for necessário.


INFORMAÇÕES GERAIS

  • Dificuldade: Média
  • Distância: 4,8km – cada trecho
  • Tempo estimado: 2h a 2h30min – cada trecho
  • Tempo Total estimado: 6h00min – incluindo o tempo na lagoa
  • Altitude: 411 msnm
  • Desnível 160 msnm
  • Link do Maps : https://goo.gl/maps/zcJjpLwNazr
  • Empresa Brasileiros em Ushuaia: brasileirosemushuaia.com.br/
  • Compra via Decolar.com: link
  • Serviços: Ambiente natural, não possui banheiros, lixeiras, vendas de bebidas ou comidas. Sinal de celular muito fraco e falho por todo o trajeto.

 

  • ALUGUEL DE ROUPAS
    • Jumping Ushuaia: 9 de Julio, 128
    • Wind Fly : Av. 25 de Mayo, 155.
    • Ushuaia Extremo : San Martín 830 (bem na esquina com a 9 de Julio)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.