COLÔNIA DEL SACRAMENTO – URUGUAI

COLÔNIA DEL SACRAMENTO – URUGUAI

18 de janeiro, 2016 5 Por Alessandro

Uma cidade pequena e muito cativante mas que se tornou um dos principais destinos turísticos do Uruguai, Colônia é um museu a céu aberto e foi declarada Patrimônio Histórico da Humanidade pela UNESCO. A cidade funciona bem tanto como uma escala de um dia entre as capitais Montevidéu e Buenos Aires, bem como para viagem do tipo “bate e volta”.

Então, vamos lá?

AdSense:

 

 COLÔNIA DO SACRAMENTO

colonia

A cidade mais antiga do Uruguai (fundada em 1680) é um dos destinos turísticos mais concorridos do Uruguai, sobretudo nos passeios de um dia, seja de quem sai de Montevidéu ou da capital portenha, Buenos Aires, de onde é até mais próxima. Suas construções datam o século XVII e estão muito bem preservadas, de forma que um simples passeio pelos calçadões de pedra na cidade histórica e você se sentirá um viajante do tempo.

Colônia possui uma ótima infraestrutura turística, contanto com bons restaurantes, pousadas, hostels, hotéis, vinhedos, praias fluviais que lotam no verão e até um pequeno casino. Para quem quer descanso e paz, ainda pode optar por hospedar-se em fazendas típicas da região e aproveitar a viagem para uma maior imersão cultural.

Apesar de a própria cidade já ser um museu a céu aberto, ela ainda conta com alguns museus dos quais até vale a pena visitar para se aprofundar na rica história da cidade que já fez parte do Brasil e possui influência portuguesa, afinal fora fundada por eles.

 


QUANDO IR 

O Uruguai possui as quatro estações bem definidas mas, mesmo com os extremos de verão e inverno, Colônia é uma cidade agradável o ano inteiro. Como o interessante é visitar as ruas antigas e apreciar as construções históricas ao ar livre, talvez seja interessante evitar os meses com maior índice de chuvas.

AdSense:

Confira abaixo as estações e suas particularidades.

  • PRIMAVERA – Setembro a dezembro
    Temperatura média de 17°C
    Início do período de chuvas,
    com o ápice de outubro a novembro.
    As praças ficam completamente coloridas, dando um charme a mais. Durante o dia a temperatura é agradável, sobretudo para caminhar pela cidade. As noites são frias. 
    Em setembro, não chove tanto sobrando mais tempo para explorar a cidade.
     
  • VERÃO: dezembro a março – temperatura média 30°C e sensação térmica de 40°
    A chuva dá trégua nos meses de dezembro e janeiro, coincidindo com o período das férias escolares. Somando as férias com inúmeras praias fluviais limpas e apropriadas para o banho, temos aí o período de alta estação, fazendo disparar os preços de tudo e acirrando a disputa pelas poucas acomodações. As chuvas retornam com força de fevereiro a março.

  • OUTONO: março a junho – temperatura média 17°C
    As chuvas começam a cessar a partir de abril. Junho é o período mais seco e também é quando as temperaturas despencam. Assim como na primavera, a temperatura amena torna a caminhada diurna mais confortável e sem necessidade de estar totalmente empacotado. As noites mais frias podem ser aproveitada com os vinhos regionais e queijos produzidos na região.
     
  • INVERNO: junho a setembro – mínimas 5°C
    O clima é equivalente ao sul da Europa – sem neve – sin embargo o vento pode trazer sensações térmicas negativas, sendo necessário estar bem agasalhado mas sem esquecer que muitos locais possuem aquecedores (então vista-se em camadas). É a época das lareiras acesas e do aroma das bebidas quentes que tomam conta das ruas. Caminhar pela cidade é bem agradável e menos cansativo. É também o período mais seco, com o menor índice chuvas nos meses de junho e julho.

 

 


O QUE FAZER

Como é bem repetido em blogs e sites de viagem e atestado por mim, Colônia é uma cidade possível de ser explorada em um único dia, mas também pode ser apreciada com calma, no seu tempo. Na cidade velha, também conhecido como bairro histórico e intramuros, você pode conhecer os principais pontos de visitação que, na minha opinião, são:

– O Porto: Provavelmente será a sua porta de entrada em Colônia, um dos mais importantes do Uruguai. Admirar o rio é algo que pode ser feito, não só do porto mas também de vários pontos da cidade que é corretamente voltada pra frente de seu rio! Tem também o Porto Viejo (porto velho), bom para apreciar o entardecer.

– El Faro: Vários naufrágios fizeram surgir a necessidade de erguer este farol. Sua inauguração foi celebrada em 1857 e funciona até hoje. Durante a semana, as visitas iniciam às 13h e aos finais de semana, às 11h, podendo ser visitado o entardecer (varia conforme a estação do ano). Você pode subir até o topo, mas claro, não tem elevador e as escadas são apertadas e o teto é baixo então seja cuidadoso. De seu topo é possível ver o skyline de Buenos Aires. Paga-se uma pequena taxa para subir.

O farol foi construído sobre as ruinas de uma torre antiga do que já foi um convento jesuíta

O farol foi construído sobre as ruínas de uma torre antiga do que já foi um convento jesuíta

Ao entardecer, as visitas são encerradas e o farol volta a funcionar

Ao entardecer o farol é aceso e as visitas turísticas são encerradas.

 

– Puerta de la Ciudadela: também chamada de porta do campo, era o pórtico de entrada a Colônia e é uma das principais relíquias da cidadela. Foi construída em 1745 durante o governo português, em um período em que os contrabandos e comércio trouxeram um grande impulso ao desenvolvimento da cidade. Tanta bonança atraía toda sorte de atenções, por isso a Puerta estava sempre bem protegida por um forte militar, cujas paredes grossas podem ser vistas até hoje e, ajudaram a proteger a cidade de ataques de espanhóis, ingleses e até de piratas.

IMG_3201

 

– Aquário: Pelo o que vi não é muito grande, mas é o primeiro aquário de peixes típicos do Uruguai. Ingressos por volta dos US$ 2. Para quem viaja com crianças, pode ser interessante.

– Bastión del Carmen: O que foi construído em 1880 para ser uma fortificação de defesa e plataforma de artilharia, tornou-se fábrica de sabão e curtume. Foi comprada por argentinos que posteriormente venderam para o governo uruguaio. Então o lugar tornou-se um importante espaço cultural. Fica no bairro histórico, na rua Rivadavia, 232.

– Iglesia Matriz: O primeiro templo construído no Uruguai, tendo sido reconstruído por duas vezes devido às guerras e ataques. Manteve linhas da arquitetura portuguesa e vale a pena a visita.

IMG_2709

 

– Plaza de Toros: Inaugurado em 1910 por empresários argentinos, que buscavam seguir com suas touradas recém proibidas na Argentina. Acabaram por realizar apenas oito touradas e tiveram de fechar em 1912, quando o Uruguai também proibiu tais touradas. Fica distante uns 4km da cidade histórica e é muito visitada.

– Feira de Artesanato: Fui numa segunda-feira pela manhã e nem todos os stands estavam abertos. Ainda assim era possível apreciar produtos bem regionais. Somente pelo fato de não ficar dentro do centro histórico já impacta em preços mais baixos.

20140224_115833

 

– Calle de Los Suspiros: é uma das mais antigas da cidade e a origem de seu nome – rua dos Suspiros – possui algumas versões: 1) dizem que se deve às meretrizes que viviam lá e, por isso, arrancavam suspiros dos homens; 2) Outra versão é devido ao ruído similar ao de suspiros, provocado sempre que a rua é cortada por fortes ventos; 3) Também contam que é devido ao assassinato de uma jovem, ocorrida ali enquanto aguardava seu amor, dizem que ao morrer ela teria emitido um forte suspiro e que ele pode ser ouvido novamente nas noites de lua cheia; 4) Por fim, há a versão menos romântica ou lendária e mais realista, a de que a rua era a via final por onde passavam os condenados à morte, rumando até o local da execução, aonde dariam seus últimos suspiros.

IMG_3169

 

– Museus:  A cidade possui alguns museus, uns interessantes, outros nem tanto, mas quase todos são pagos:

  • Museu do Azulejo
  • Museu Naval
  • Museu Municipal
  • Museu Português
  • Museu indígena

PÔR DO SOL SOBRE O RIO DE LA PLATA

IMG_2832Era por volta das 17h30 quando fui no rumo de uma ponta alta de um barranco que havia visto mais cedo. Fica seguindo a muralha, na direção do rio, no lado intramuros. Achei que daria menos gente que nos portos e acertei, não havia muito mais gente do que na foto acima.

IMG_2940

IMG_2957

 


RESTAURANTES

Existem boas opções, para todos os paladares e gostos, como o Lentas Maravillas, Charco, Ganache, Churana, Bodeguita, Ciruelo, Don Joaquin (pizza artesanal) e vários outros. Normalmente possuem vinhos regionais, pastas, doce de leite, queijos, carnes, sorvetes artesanais. Dependendo do restaurante pode ser a sua melhor experiência ou a pior, mas no final isso terá sido mera questão de gosto. No entanto, vou comentar sobre os três que pude experimentar, apresentados abaixo.

    • BUEN SUSPIRO – ARTESANÍAS GASTRONÓMICAS
      Calle de Los Suspiros 90 Barrio Sur – Colonia del Sacramento, Uruguai
      $$ – $$$ | 
      diariamente, das 10h às 23h, exceto às quartas
      Uma porta discreta, na pequena calle De Los Suspiros esconde esse premiado restaurante. Possui produção própria de vinhos, sucos de uva, queijos, doces e é tudo artesanal, com muito sabor. Não deixe a aparência colonial, rústica, te enganar, isso faz parte da temática colonial do lugar. Os pratos são saborosos e não e à toa que é bem conceituado. Fui à noite e o ambiente estava bem aconchegante e aquecido. Gostei da comida, tanto que sequer lembrei de fotografar (na verdade fotografei, mas não achei as fotos).
      Não é um lugar barato e com um adicional: se você estiver com fome, querendo enxer o buxo, então é melhor seguir para a próxima sugestão.
    • EL DRUGSTORE
      Portugal 174, Colonia del Sacramento, Uruguai
      $$ – $$$ | diariamente, das 10h às 23h, algumas noites com shows ao vivo.
      website

IMG-20140223-WA0023

  • Mesmo com algumas críticas negativas, resolvi arriscar. Pedi nhoque aos quatro queijos e gostei. O nhoque era artesanal de batata, o molho estava muito bom, bem temperado, com ervas. De sobremesa eu acatei a sugestão do garçom e pedi um sorvete artesanal com geleia caseira de morango. Fui avisado pelo garçom que ia demorar pois o preparo seria na hora. Mas eu não tinha a menor pressa e esperei com uma taça de vinho, sentado em uma mesa posta à calçada e bem em frente à catedral. A julgar pelos comentários do Trip Advisor posso ter tido sorte, mas minha comida estava realmente boa. Agora o atendimento realmente não é dos melhores e, por isso, acredito que seja bom ir em horários não tão concorridos, quando o bicho deve pegar feio por lá e provavelmente ser a origem das avaliações mais rebeldes.
    IMG-20140223-WA0030
  • EL TORREÓNGeneral Flores 19 | Barrio Histórico, Colonia del Sacramento, Uruguai
    $$ – $$$ | 
    diariamente, das 10h às 22h
    website
    IMG_2647A área externa chama a atenção por ser em uma torre antiga e que pode ser visitada. Além disso estava tocando música ao vivo e o lugar tem vista para o rio, de quebra você pode subir na torre e ainda escolher por sentar à sombra dessa frondosa árvore! Talvez acabem aqui os fatores positivos pois, o atendimento foi bem ruim. Quanto ao principal, a comida, bem, pedi uma carne bovina esperando pela fama da carne da região. Bem, a comida demorou, demorou muito, mas a música ao vivo, o rio e o wi-fi ajudaram a passar o tempo.
    20140224_130542 A carne não estava ruim, o problema é que estava muito gordurosa e, não bastasse, ainda veio banhada em um óleo que fazia cosplay de azeite. O acompanhamento era uma porção boa de batatas fritas, mas estavam igualmente banhadas em óleo. Não posso esquecer que tinham mocas e mosquitos perturbando. Bem, pode ser que tenha sido apenas um dia ruim (pelo o que vi no TripAdvisor, eles têm dias ruins a beça). Só sei que nesse restaurante, eu não vou de novo.

 

Arrisquei por não querer comer duas vezes num mesmo local. Acertei em dois, errei em um, então saldo positivo, bola pra frente!

Ah, não precisaria dizer mas, antes de pedir a comida, sempre confirme se o estabelecimento aceita a sua forma de pagamento. É que vi algumas críticas de pessoas detonando os estabelecimentos por descobrirem, só na hora de pagar, que não aceitavam determinados cartões. Isso é básico da relação cliente-fornecedor, então não seja esse tipo de gente.

 


PELA NOITE

Conversando com os moradores, todos falaram que é nas férias de verão (dezembro e janeiro) que as noites eram super movimentadas, nos outros meses os sábados eram os melhores dias, devido aos turistas de final de semana. Pernoitei em fevereiro e num domingo à noite, logo, exceto por alguns bares e restaurantes, a cidade estava bem parada. Então a pedida foi aproveitar o único casino da cidade, localizado no Hotel Radisson.

20140223_22420420140223_224338


DOCE DE LEITE & ETC

Cheguei no domingo à tarde e perdi a feira de produtores locais (aos sábados e domingos pela manhã), uma pena. Acabei comprando doce de leite em lojas com preços especiais para turistas (caro).

No mais as feiras e lojas de artesanatos (artesanías) possuem os itens padrão: camisas, bonés, ímãs de geladeira, chaveiros, etc. Mas também tem louças, réplicas de antiguidades, roupas de frio, produtos em lã e vários produtos regionais. Não esqueça dos vinhos locais e dos doces típicos.

IMG_2483

Pessoalmente, eu considero que o doce de leite uruguaio é o melhor. O que eu não tinha a menor ideia era que, até pouco tempo atrás,  a ANVISA não permitia entrar com doce de leite no Brasil. Felizmente já pode, desde que industrializado.

 


DAY TRIP x PERNOITE

A grande maioria dos turistas são os que passam apenas o dia, afinal dá para conhecer a cidade nesse passeio diurno. De tal forma que a minha primeira intenção era um bate-volta mesmo, porém acabei achando um hotel muito bom e com valor promocional e resolvi aproveitar a oferta da Booking.com.

À noite as ruas ficam praticamente desertas e a iluminação noturna deixa Colônia interessante para caminhar e fotografar, embora às vezes o ar penumbre deixa tudo meio sombrio, mas a cidade é bastante segura. No mais, ressalvado o tamanho da cidade, pode-se aproveitar o casino e outros locais como restaurantes e bares com pocket shows. Só não eleve suas as expectativas pois não se trata de nenhuma Las Vegas, bem longe disso.

Outra vantagem do pernoite é que você pode fazer alguns passeios pelas fazendas que oferecem jantar à moda gaúcha. Além disso, na manhã seguinte é possível aproveitar a cidade e suas atrações sem toda a horda de turistas que começam a desembarcar na cidade por volta das 09h e 10h da manhã.

Se você decidir pernoitar, considere planejar-se com antecedência pois, como toda pequena cidade turística, Colônia não dispõe de tantos leitos e, como consequência, as diárias dos hotéis são mais salgadas que Buenos Aires e Montevidéu. Caso queira, aproveite uma das ofertas abaixo, disponível no Booking.com e aproveite esses valores especiais 🙂



Booking.com

 


 

AGORA QUE VOCÊ JÁ CONHECE UM POUCO DA CIDADE, QUE TAL SABER COMO FAZER ESSA VIAGEM BATE E VOLTA A PARTIR DE BUENOS AIRES? Clique aqui

 


COLÔNIA EM IMAGENS